quinta-feira, 11 de maio de 2017

Sobre a histeroscopia

Oi meninas...

Vamos continuar as atualizações?!?!?!?!?

Então... Depois que o mal estar da estimulação e punção passou comecei a me preparar para a histeroscopia. Era preciso esperar a menstruação descer e acabar o fluxo para realizar o procedimento. Minha menstruação adiantou 15 dias... Eeeeeeehhhhhhhhh!!!
E ai durou 2 dias de fluxo meio intenso e acabou!! Porém fiquei tendo escape por uns 4 dias ainda. Passado esse episódio, marcamos a histeroscopia para o dia 11/04. Como faria a injuria junto, decidi realizar em um hospital e com sedação porque sou fraca para dor e fiquei muito nervosa e com muito medo do exame.

Para fazer a histeroscopia é necessário estar em jejum absoluto e o exame é feito em bloco cirúrgico. Ai que fiquei ainda mais nervosa. Chegou o grande dia!! Acordei cedo, tomei um banho e fui para o hospital com um misto de sentimento... Estava com frio, com fome, com dor de barriga tudo ao mesmo tempo. Consegui chegar cedo no hospital, fiz minha ficha e fiquei aguardando ser chamada. Demorou 1h mais ou menos para me chamar e ai fui junto com o marido para um banheiro e ai me troquei e coloquei aquela camisola cirúrgica. Nessa hora estava tremendo de medo. Me despedi do marido e entrei para o bloco.
A equipe que me atendeu era super atenciosa e o anestesista super engraçadinho. Me fizeram as perguntas de praxe e explicaram como seria o procedimento e sedação. Na teoria seria tudo muito simples: o colo do útero é dilatado e passa uma câmera para avaliar o útero. Ok. Vai ser super rápido!! Eu pensei... Maaaaaasssss.... Quem disse que as coisas seriam fáceis nessa nova fiv??

Meu procedimento demorou mais de 1h e teve algumas complicações. Foi necessário fazer suturas porque houve laceração do colo. Fiz a injuria e enquanto acordava da sedação comecei a sentir uma dorzinha e logo pedi um remédio. Fui para o quarto e a médica foi me explicar o que tinha acontecido e que meu útero estava muito vermelho e apresentava uma inflamação chamada endometrite crônica. O tratamento para essa inflamação foi uma injeção e 14 dias antibióticos. Eu e o marido usamos os mesmos remédios. Tomamos o remédio e agora é só esperar para fazer a tec.

Bem... Depois do procedimento senti uma colicazinha muito leve e tive escape, mas acredito que seja por causa da injuria. No mais foi tudo muito tranquilo.
Sobre a endometrite, fico me questionando desde quando estava com esse problema e se esse foi esse problema que me impediu de ter um positivo até hoje. Bem, essas respostas eu não vou ter mas já fico mais tranquila de ter encontrado o possível porque de não ter tido sucesso antes. Agora é esperar a menstruação novamente para começar a preparar para a tec.

Estou bem tranquila porque sei que estou fazendo tudo que está ao meu alcance para enfim receber um positivo.

Por hoje é só isso... Em breve volto para contar como foi a preparação para a TEC e a transferência. Torçam por nós por favor!!


Beijos férteis ♥♥♥

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Os dias depois da punção

Olá queridas...

Olha quem apareceu... Hahahahah...

Precisei tirar uns diazinhos para mim porque algumas coisas andaram acontecendo. Como contei no post anterior, passei bem mal depois da punção e fiquei uma semana com dores e mal estar devido ao hiper estimulo. Oque não contava fosse que minha menstruação adiantasse 15 dias e uma semana depois da punção ela deu as caras!! Menos mal... Por que menstruando meus ovários iam acabar "relaxando" e as dores iam acabar.
E durante a semana recebi contato da clinica sobre meus embriões e sabe aquela música: "meu mundo caiu" então... essa música definiu minha situação...

Tive 18 óvulos maduros e 8 foram doados e assim fiquei com 10 óvulos que foram fertilizados e no final tive apenas 2 embriões de três dias classificação A com zero fragmentação. De acordo com o embriologista são ótimos embriões mas a tristeza bateu forte porque só tenho uma chance!! Uma única transferência!! Meu Deus!!!

Confesso que me deu medo de saber que tenho apenas uma chance mas estou pedindo tanto a Deus pra ser essa A transferência.
Depois que a menstruação foi embora era hora de fazer a histeroscopia, mas isso é historia para outro post. O assunto desse aqui encerramos assim: pedindo a Deus para nos abençoar com um lindo positivo!!

Volto em breve viu... Beijos férteis...

quarta-feira, 29 de março de 2017

3ª consulta, punção e as ultimas novidades.

Oi queridas.

Me desculpem o sumiço, mas não dei conta de vir aqui contar o que estava acontecendo...
No dia 24/03 foi a última consulta dessa fase de indução. Pela primeira fiquei ansiosa para a consulta e com medo de não ter folículos suficiente para ser doadora. Dormi supere mal e no dia da consulta estava sentindo um desconforto ainda maior.
 Saí de casa mais cedo para não correr o risco de me atrasar e poder andar beeemm devagarzinho. Chegue cedo na clinica e logo fui atendida e para meu espanto e surpresa estava com 30 folículos e ai entendi o porque do desconforto que estava sentindo. Marcamos a punção para segunda-feira (27/03) e peguei a receita das ultimas medicações: Tomei o restante do gonal que tinha em casa (Gonal 75UI) na sexta a noite, no sábado de manha tomei a ultima dose de Cetrotide e sábado a noite tomei duas doses de Gonapeptyl daily. O desconforto só aumentava.
Passei sábado e domingo praticamente parada por que quando andava sentia dor.

Chegou o grande dia... Na segunda acordei cedo, tomei banho e o que era somente um desconforto passou a ser uma dor forte. Já não era uma cólica chata e sim uma dor na barriga inteira e ia para as costas. Sabe aquele dia que tudo dá errado?? Foi essa segunda!! A moça do laboratório demorou pra entregar o resultado dos exames que fomos buscar, o posto de gasolina estava cheio, o transito estava um caos. Ai recebo um telefonema da clinica informando que o urologista que faria a punção do meu marido já estava o aguardando e que dependendo do tempo que levaríamos para chegar na clinica ele não iria esperar. Ai fiquei mais nervosa!!!! E a dor? Só piorando...

Minha punção estava marcada as 08hs e cheguei na clinica as 07:55, descabelada, nervosa, afobada e com dor. Fiz a ficha e entrei para trocar de roupa. As dores só aumentando. Não demorou 5 minutos e fui para o centro cirúrgico e nessa hora eu já não andava, estava arrastando os pés no chão e até pra respirar doia. A médica percebeu que tinha algo errado e rapidamente chamou a anestesista e ai só me lembro dela falando que colocaria o acesso e me daria buscopan para a dor e dormi...

Acordei já na sala de recuperação no momento em que a enfermeira estava me levando para o quarto. E foi ai que os momentos tensos começaram. Acordei com dor de cabeça, boca seca e um mal estar tremendo. Pensei que fosse por conta do jejum. Vi meu marido e ele estava meio assustado porque minha punção durou 2 horas. Trouxeram o lanche, eu comi e me deram alta. Eu só queria ir pra casa. Me levantei e comecei a passar mal de verdade. Minha pressão caiu e a dor estava imensa, mas tudo o que eu queria era sair da clinica mas não tinha como ir embora porque meu marido tinha que fazer a punção ainda, mas eu não estava dando conta de ficar sentada. Peguei a chave do carro e avisei que ficaria deitada no carro esperando por ele e passei tanto mal, vomitei, comecei a suar fora a dor que sentia. Meu marido pegou a receita com a minha medica e viemos embora.
Não conseguia ficar de pé, não conseguia deitar de lado, estava andando com dificuldades e com o corpo curvado. Somente hoje (quarta-feira) que estou me sentindo melhor. Estou tomando anti-inflamatórios e buscoduo para dor.

Mas porque passei tão dessa vez? Tive hiper estimulo. Tive uma resposta muito alta aos medicamentos fazendo com que tivesse muitos folículos e assim meus ovários incharam.No dia da punção, não sabemos o porque, alguns folículos se romperam e  fiquei com líquidos na cavidade fazendo com que eu sentisse ainda mais dor.
Meu Deus e como dói!! Dói demais e para tudo o que você vai fazer. Mas hoje estou melhor graças a Deus. Ainda sinto dor mas bem menos do que senti na segunda-feira.

Tive 18 folículos maduros que serão fertilizados e congelados. Ainda não recebi nenhum contato da clinica e estou fazendo repouso para me recuperar logo por que ainda tenho que fazer histeroscopia e quero estar 100% no dia do procedimento, que está previsto para o dia 11/04.

Como fui doadora, doei 9 folículos e fiquei com 9. Agora é orar muito a Deus para que todos os folículos fertilizem para serem congelados e tudo dê super certo e meu positivo chegue logo logo.

Assim que tiver mais novidades conto para vocês..


Beijos férteis e até breve...

terça-feira, 21 de março de 2017

Segunda consulta - 2ª FIV

Oii queridas...

Conforme prometi, aqui estou para contar como foi a segunda consulta dessa nova tentativa. No post anterior contei que iniciei a indução com uma aplicação do ELONVA 100 e que só retornaria para nova consulta na semana seguinte.
Ontem (20/03/2017) voltei ao consultório para ver a evolução dos folículos. Confesso que pensei que não estariam muito grandes, principalmente porque tomei uma unica dose de indutor, mas para minha surpresa o menor folículo estava com 7mm e a maioria estavam com 11mm ou 13mm. Ou seja, respondi muito bem a medicação.
 Dessa forma, iniciei ontem mesmo o CETROTIDE e também comecei a tomar o GONAL F.
Tenho mais uma consulta agendada para quarta-feira (22/03/2017) e a punção está prevista para sábado ou segunda. Tá muito rápido!!

Medicação que impede que o folículo se rompa antes da hora.

Gonal F é um indutor. Vou tomar duas doses até a próxima consulta para que os folículos menores se desenvolvam.


Graças a Deus não senti nada nas aplicações dessas novas medicações e o fato de tomar poucas agulhadas em sido ótimo. Mas os efeitos colaterais tem sido mais intensos do que a primeira FIV que fiz. Dessa vez estou sentindo muita dor de cabeça, cólicas, seios mega sensíveis, dor nas costas, fora o incomodo que dá ao fazer US. A sensação de peso também já está presente... Mas tudo isso irá valer a pena!! 
Aproveitei a consulta ontem para perguntar sobre a injuria. Algumas mulheres fazem a injuria durante a punção dos óvulos, mas no meu caso farei a punção e vou ter que esperar menstruar para só depois realizar a injuria, porque a medica quer fazer a histeroscopia para avaliar o útero também. Então a transferência dos meus ice babies ainda vai demorar um pouquinho, mas não estou com pressa... Só quero que tudo dê super certo. Estou super confiante... Não vejo a hora de pegar meu tão sonhado positivo.

Bem... No momento é isso!! A medida que as coisas forem acontecendo venho aqui atualizar vocês.. Conto com a oração e toda energia positiva de vocês...


Beijos férteis e fiquem com Deus!!

sexta-feira, 17 de março de 2017

Começamos... Agora é pra valer!! 2ª FIV

Bom dia queridas...

Enfim um dos post mais desejados por mim (porque o mais desejado mesmo será o que conto do positivo) ganha vida: Recomecei (literalmente) o tratamento!! Eeeeeeeehhhhh...

Não sei se contei pra vocês mas meu ciclo desregulou geral. Estava tudo lindo... Ciclo de 28 dias certinho. Era capaz de falar o dia e a hora em que minha menstruação chegaria e sendo assim era fácil marcar consulta para iniciar os medicamentos para a fiv. Mas eis que a monstrenga resolve fazer gracinha com a minha cara. Tinha decidido que em fevereiro tomaria AC e emendaria cartelas pois iria menstruar no carnaval e como estaria viajando não teria como iniciar o tto como planejado. Dessa forma fiquei esperando a red dar as caras no final de janeiro para começar o AC e a feiosa me atrasa 9 dias!! Não acreditei que estava desregulada... Cheguei até a pensar que tinha engravidado naturalmente (o que seria um milagre) mas no dia 06 de fevereiro ela deu as caras e sendo assim nem foi necessário usar AC (graças a Deus!!!).
 Mantive os planos de iniciar a estimulação em Março e mais uma vez a red deu uma atrasadinha e só chegou no dia 14/03. O ponto de partida é praticamente o mesmo em todas as clinicas: menstruação chega, agendamos US para o 2º ou 3º dia do ciclo onde iniciamos os remédios. Marquei minha US para o dia 15/03 (2º dia do ciclo) e fizemos a contagem dos folículos antrais (estou com 16 folículos antrais). Até ai tudo normal...
E agora as primeiras mudanças: Tomei a primeira injeção no consultório medico. Confesso que não estava preparada para levar uma picadinha logo de cara hahahaha. Mas foi ótimo porque foi aplicado pela enfermeira e essa medicação (ELONVA 100) age por 5 a 6 dias e dessa forma fico esses dias sem tomar nenhuma injeção. E eu senti uma dorzinha durante a aplicação.

Picadinha de amor :) Medicamento usado nessa FIV.

Volto na segunda-feira (20/03) para repetir a US e acompanhar o crescimento dos folículos e saber qual o próximo passo e qual medicamento usarei.
Continuo tomando o ácido fólico e dei uma pausa no materna, pois adoeci na semana anterior ao inicio do tratamento mas vou voltar a tomar o Materna essa semana.
Estou orando a Deus que dessa vez dê certo.

Volto em breve com mais novidades.


Beijos férteis a todas

sexta-feira, 3 de março de 2017

Alimentação antes, durante e depois da FIV.

Meninas... No post anterior toquei no assunto alimentação e durante a minha primeira FIV não fiz nada de diferente em relação a alimentação. Acabei comendo somente abacaxi e phisalys e cortando o café e somente isso. Mas confesso que para essa tentativa pesquisei demais em relação a alimentos que ajudam durante o tratamento.
O abacaxi e o phisalys são os principais alimentos que as tentantes utilizam, mas queria saber mais sobre o assunto e tentar melhorar minha alimentação durante esse período.
Pesquisei e achei a relação abaixo a mais fácil de seguir e por isso resolvi dividir minha "possível" dieta com vocês. O indicado é iniciar dois dias antes da transferência mas quero seguir essa alimentação durante a indução.

INHAME: Ajuda na ovulação e na espessura do endométrio. Pode iniciar semana antes da punção todos os dias.
BEBIDAS ISOTÔNICAS E ÁGUA DE COCO: ajuda a manter o corpo hidratado.
FRUTINHA PHYSALIS: Comer de 3 a 6 por dia, ajuda na fixação do embrião, vasculariza o endométrio possui muitas vitaminas.
GELATINA: Possui colágeno. Fortalece o endométrio.
ABACAXI: comer uma fatia generosa em jejum por 5 dias após transferência. Ajuda na implantação do embrião, melhora a circulação ovariana. No talo possui a BROMELINA que é um anticoagulante que vasculariza de forma ideal, permitindo a acessibilidade do embrião.
CLARA DE OVO: Fonte de proteína, vitamina B12. Sem a gema q causa colesterol.

FOLHAS VERDES( COUVE, BRÓCOLIS): Possui vitamina e evita abortos.
IOGURTE E LEITE FERMENTADO: Auxilia no cuidado a imunidade, mantem o organismo com a flora boa, pois após transferência ficamos com muitos gazes e prisão de ventre.
Também é importante o consumo de líquidos. Quanto mais melhor e comer muitas frutas e verduras.

Como já falei várias vezes não posso afirmar que esses alimentos junto com o polivitamínico seria a receita mágica para conseguir o positivo, mas também sei que pode sim ajudar e muito no sucesso do tratamento. Eu vou fazer um p... esforço para seguir essa "dieta" e espero que dê super certo!! Quero voltar aqui com ótimas noticias.




Recomeçando: Que venha meu positivo.

Queridas... Que saudade de vir aqui falar com vocês!! Curtiram muito o carnaval? Espero que sim, porque eu aproveitei para recarregar as baterias para recomeçar a batalha.

Agora é oficial: Vamos recomeçar!!! Sim... Vou iniciar o tratamento FIV agora em Março/2017 e por incrível que pareça estou super tranquila. Pensei que ficaria ansiosa ou até mesmo surtada, mas não... Estou tranquila.. Com vontade de recomeçar logo, mas estou tranquila.
Cheguei a fazer um post aqui comentando sobre o uso de vitaminas durante a FIV (Usar ou não usar vitaminas) e depois de muito pesquisar sobre o assunto decidi usar somente um polivitamínico (que é usado por gestantes) e o acido fólico.


Polivitamínico Materna 

Ácido fólico indicado pela médica da FIV.

Pesquisei muito na net sobre o uso de vitaminas e procurei conversar com mulheres que usaram o Materna durante a FIV antes de decidir usar. A grande maioria teve melhora considerável nos óvulos com o uso desse polivitamínico e a maioria conseguiram o positivo após seu uso. Tenho total consciência de que não é só o medicamento que garantiu o positivo para essas mulheres, mas também sei que ele pode sim ter ajudado no tratamento.
Estou tomando uma capsula de materna durante o almoço e o ácido fólico durante o dia.

Não pretendo usar nada além do que esses medicamentos, a não ser que seja prescrição medica. Temos que tomar cuidado com o uso excessivo de vitaminas, porque em excesso elas fazem mal.
Além dos medicamentos vou tentar melhorar a alimentação (porque eu me alimento mega mal..) e ingerir o máximo de líquidos possível. Tentando cortar ou diminuir o refrigerante, mas esse assunto fica para o próximo post.

Então agora é pra valer!! Que Deus nos abençoe e que o positivo chegue logo...

Beijos e até breve...